Páginas

segunda-feira, 28 de março de 2011

Pensamentos...



No canto do quarto, entre livros e memórias lá estava ela, a boneca quebrada, seus olhos traziam a dor do esquecimento, ela já não sabia de que era feita, mas era feita de porcelana, linda porcelana, tão frágil, mas tão bela.
Ela via chegarem em caixas plásticas bonecas mais superficiais ainda, elas tinham valor, aquilo à corroia, destruia. Ela começava a acreditar que não tinha e nunca havia tido valor.
Chorava quieta noite adentro.
Queimava seu interior, ser esquecida era difícil, era dolorido.
Sentia-se nada, sem valor.
Mal sabia que a era feita de porcelana, ah! Linda porcelana!

Texto de minha autoria


2 comentários:

Comente, dê sua opinião. Não use palavrões e escreva de maneira clara, pois assim todos entenderão o que está escrito :)