Páginas

sábado, 9 de outubro de 2010

Calor, calor e calor




Está muito calor
Que horror
Não aguento mais, parece inferno.
Não sou pecador.

Cadê a chuva que não vem?
Ela já deve ter pego o trem...

Eu quero o frio do inverno
A sombra das nuvens,
A chuva molhando o meu caderno
Não vejo mais beleza nas paisagens
O Sol queima com seu brilho eterno

Mas como o inverno já se foi,
O verão também terá a sua hora.
E quando menos esperar,
A aurora marcará
A hora em que a chuva chegar
Para do calor nos livrar.
Meus cabelos molhar
E a tudo embelezar.

Poema feito por mim, Juliana Rielli.

É está muito calor na minha cidade...
E na sua?
Você gostou do novo layout do blog?
Comentem!

2 comentários:

  1. na cidade onde eu moro praticalmente todo dia é calor. o layout ficou muito bom!legal o poema !
    bjs

    wwwmundosodemeninas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Obrigada, que bom saber que eu não estou sozinha nesse calor infernal!hahahaha
    Bjs

    ResponderExcluir

Comente, dê sua opinião. Não use palavrões e escreva de maneira clara, pois assim todos entenderão o que está escrito :)